Yaira Cotto flores tem 26 anos, e é professora de inglês na cidade de San Lorenzo, situada no leste de Porto Rico. Yaira foi presa após fazer sexo com um de seus alunos, o garoto tinha apenas 14 anos de idade.

A professora prometeu um presente ao menino, então o levou para um motel, onde acabou sendo denunciada à policia. Segundo o aluno, ele ganhou um creme para espinhas. Quando perguntado sobre o que fizeram no motel, ele ressaltou que Yaira o ensinou até “colocar a camisinha”.

Ambos se conheceram no inicio do ano letivo, quando a professora começou a lecionar para as crianças. Yaira chamou o aluno e disse que no dia seguinte estaria de folga, solicitou para que o garoto faltasse o colégio para que se encontrassem, e que ele não receberia advertência pela falta.

Levou-o para almoçar e logo após os dois seguiram para um motel na cidade, no meio da tarde. O aluno contou as autoridades competentes que os dois fizeram sexo e que foi a primeira vez que ele transou. O garoto afirmou que tudo foi de forma consensual.

Após a divulgação do caso na internet, surgiram supostas fotos da professora. Ela teria mandado ‘nudes’ para o menino.

O caso veio a tona, porque o garoto contou sobre sua aventura para seus colegas de sala, e logo se espalhou pelo colégio. Como as notícias correm rápido, acabou chegando em seus pais, que resolveram denunciar a professora.

Veronica Borrero, chefe local do departamento de educação, afirmou que nunca houve queixas dessa natureza sobre a professora, mas que ela permanece presa e que será julgada muito brevemente. Yaira poderá receber pena de até dez anos de detenção.